Livro de Salmos

Escrito pelo rei Davi, tendo outros autores como os filhos de Corá, Asafe e até cânticos do rei Salomão e ainda outros autores anônimos, o título de Salmos em hebraico é Tehillim ou Tehilim que significa Louvores, já o título do livro na Septuaginta (nome da versão Bíblica hebraica para o grego) é Psamoi, cujo significado é cânticos para serem acompanhados por instrumentos de corda.

Propósito do Livro de Salmos

Os salmos, como orações e louvores inspirados pelo Espirito Santo, foram escritos e transmitem ou expressam as mais profundas emoções do ser humano na sua relação para com Deus e na sua própria existência com indivíduo, como: amor, ódio, raiva, paixão, aflição, alegrias, angústias entre outras.

E em meio aos louvores é possível ver os sentimentos que fazem parte da jornada do homem nessa terra, passando por desânimos, medos, aflições até a comunhão e adoração a Deus através dos cânticos

Curiosidades a respeito do livro

Foi escrito no período aproximado entre 1440-440 a.C, o livro é composto por 150 salmos, pode ser dividido em 5 grupos de livros o que leva a uma semelhança com o Pentateuco (os 5 primeiros livros da bíblia), ao menos um salmo tem sua autoria atribuída a Moisés, o livro é ainda o maior de toda a bíblia, tendo ainda o capítulo mais extenso o Salmo 119 com cento e setenta e seis versículos, o menor Salmo é o 117 com apenas 2 (dois) versículos, algo muito que chama bastante atenção é que o Livro de Salmos é mencionado 186 vezes no Novo Testamento logo o livro mais mencionando do Antigo Testamento, outra curiosidade é que o Salmo 110 que possui apenas 7 versículos é mais citado no Novo Testamento do que qualquer outro capítulo do Antigo Testamento,  o salmo mais antigo conhecido vem de Moisés, cuja a datação aponta para o século XV a.C que é o Salmo 90, além de conter profecias sobre Jesus Cristo como o Messias como o Salmo 118.

 Leia os Salmos da Bíblia

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

 

 

Lista VIP Bíblia Todo Dia